Welcome
welcome to my blog

Não verás bem o design do blog com o Internet Explorer
Aqui poderás ver todos os meus desabafos e histórias ou apenas textos fictícios escritos por mim, espero que gostes :)
Tento aplicar o novo acordo ortográfico apesar de por vezes isso não acontecer. Identifico os meus textos com "CF" no final, caso não seja um texto da minha autoria estará devidamente assinalado entre aspas.
Se seguires por favor diz.
Pequenas Coisas Parte VI
25 de julho de 2011

38 comments


No fim do almoço juntaram-se todos então na praia, e assim que o Afonso chegou Maria foi ter com ele para falarem.
- Então que querias falar comigo? – perguntou Maria.
- Por favor não gozes comigo nem nada do género, isto é estúpido – disse Afonso.
- Claro que não gozo, vá fala lá – disse Maria.
- Maria, eu sinto uma pequena atracção pela Carolina, mas mal a conheço – disse então o Afonso.
- Ui, a sério? – pergunta Maria
- Sim a sério, eu sei que é estúpido… - diz Afonso.
- Não é o facto de ser estúpido, mas olha tenta falar com ela, acredito que resulte algo entre vós – afirmou Maria.
- Mas achas que tenho hipótese? – perguntou Afonso.
- Sim acho sem dúvida, e mesmo assim o que perdes em tentar? Vá atira-te à força toda – diz Maria entre risos.
- Está bem então – diz Afonso também entre risos.
E foram então para junto dos outros na praia. Mal lá chegaram o Diogo grita com um sorriso enorme:
- Maria!
- Olá Diogo! – diz Maria em resposta.
- Deita-te ao pé de mim – diz Diogo.
Maria vai deitar-se ao pé dele e então o Diogo abraça-a diz:
- Maria eu gosto muito de ti, mesmo muito a sério.
Maria sem saber bem o que dizer diz:
- Eu também gosto muito de ti Diogo, acredita.
- Adoro estar contigo – diz Diogo – adoro quando sorris, adoro ter-te a meu lado, e estou a ser completamente sincero contigo.
- Que te deu desde a manhã até agora? Nunca me tinhas dito nada dessas coisas – disse Maria meio envergonhada.
Ao que Diogo responde:
- Não me deu nada, resolvi dar-te o valor que mereces – e ao dizer isto dá-lhe um beijo na cara.
- Ehh, que é isso Dioguinho? – pergunta André.
- Não é nada – responde Diogo.
- Sim, também me pareceu que não era nada – e André ao dizer isto dá um beijo na cara à Joana como a gozar com o Diogo e Joana ri.
- Pára lá de gozar, tu és cá um otário! – diz Diogo.
- Vamos já para o mar e vemos quem é o otário! – diz André.
E ao ouvir isto Diogo levanta-se e corre até ao mar, e logo de seguida o André faz o mesmo, acabando por irem todos para o mar. Afonso dá um abraço enorme a Carolina e faz com que ela se desequilibre e fique completamente submersa, Carolina ao voltar para cima puxa o Afonso e ele cai também mesmo na altura em que vinha uma onda enorme. No final da onda todos vieram para cima na água excepto o Afonso, ia mais tempo passando e não se via sinal do Afonso até que a Maria grita:
- O Afonso está lá ao fundo vejam! Temos de chamar alguém ele está a afogar-se!
- Oh meu Deus pois está! Eu vou já chamar o nadador salvador! – grita Carolina.
Carolina corre o mais rápido possível até ao nadador salvador, e nisto Diogo começa a nadar até o Afonso.
CF

Older post | Newer post
23:17




Instagram