Welcome
welcome to my blog

Não verás bem o design do blog com o Internet Explorer
Aqui poderás ver todos os meus desabafos e histórias ou apenas textos fictícios escritos por mim, espero que gostes :)
Tento aplicar o novo acordo ortográfico apesar de por vezes isso não acontecer. Identifico os meus textos com "CF" no final, caso não seja um texto da minha autoria estará devidamente assinalado entre aspas.
Se seguires por favor diz.
Pequenas Coisas Parte XIX
24 de setembro de 2011

28 comments

Desde já quero pedir desculpa pela minha ausência, mas não tenho tido qualquer paciência para estar aqui, nem inspiração alguma para continuar a história, para além da minha net estar sempre a ir abaixo.
Aproveito para pedir igualmente desculpa a quem pediu ajuda em algumas coisas do blog e eu ainda não ajudei, pfv adicionem-me no facebook, caso já tenham adicionado mandem para lá uma mensagem a dizer novamente o que pretendem e ralhem comigo por ser uma incompetente.

 

- E que posso eu fazer? Espero que com isto não me venhas pedir para eu voltar a falar com ele como falava.
- Claro que não, eu compreendo-te, e no teu caso provavelmente eu reagiria muito pior, mas não sei, eu tenho mesmo muita pena ao vê-lo da forma como ele está. Tu não tens noção, ele mal sai de casa, mal fala e o André apesar de estar um pouco chateado com ele, está bastante preocupado, ele nunca o viu assim antes.
- Não me posso sentir mal por ele estar assim, ele magoou-me mesmo imenso, tu sim não tens noção do que passei naquela noite e do que ainda passo agora! Estou a sofrer demasiado com tudo isto, e não consigo voltar a falar com ele como falava, ele agora mete-me nojo, não confio nele nem um pouco. Ele destruiu tudo o que fazia de mim super feliz, entende que não é nada fácil para mim.
- Claro que entendo Maria, eu não concordo com o que ele fez nem um pouco. Eu vou falar com ele.
- Não faças isso – responde Maria.
- Faço sim, hoje no final de almoça vou a casa dele.
- Só vais fazer pior, acredita.
- Quero ver-te e ti melhor e a ele também.
- Em relação a mim ninguém é capaz de fazer isso agora.
- Vou fazer tudo o que tiver ao meu alcance. – responde Tiago
- És um bom amigo Tiago – responde Maria, e dá-lhe um enorme abraço
- Tu mereces Maria.
Vão todos para casa das raparigas e qual não é a surpresa que colada na parede estava uma faixa enorme a dizer “Maria desculpa-me, volta para mim”. Ficam todos espantados a olhar para aquela enorme faixa até que Maria diz:
- Meninas vamos tirar aquilo dali.
- Diogo que estava do outro lado da rua ouviu Maria, vai ter com Tiago e pergunta-lhe:
- Não vale mesma a pena pois não?
- Vale sim, ela ama-te e tu só tens de demonstrar que te arrependeste realmente e que nada de semelhante vai voltar a acontecer e sobretudo que a amas de verdade.
- Mas eu já não sei mais que fazer – responde Diogo.
- Ama-la de verdade não amas? – pergunta Tiago.
- óbvio que sim!
- Então chegará ao dia em que saberá exactamente aquilo que deves de fazer.
- Achas mesmo? Tenho certas dúvidas.
- Tenho a certeza. Já agora como conseguis-te colocar isto aqui?
- O André ajudou-me, e arranjou mais umas pessoas.
- Já estão bem vocês os dois?
- Sim já, ele vai-me ajudar no que fazer em relação à Maria.
- Isso é bom, se precisares de ajuda podes contar comigo – diz Tiago.
- Obrigado, não me esquecerei disso – responde Diogo – eu agora vou para casa, vemo-nos mais logo, adeus.
- Então até logo – despede-se Tiago, e este ao olhar para trás depara-se com Margarida.
- Olá Margarida – diz Tiago.
- Olá Tiago, então gostaste da nossa manhã?
- Sim, gostei bastante, e tu?
- Também, esta tarde queres ir comigo à praia aqui ao lado?
- Pode ser – responde Tiago, e pergunta – vem mais alguém?
- Não estava a pensar em convidar mais alguém, mas querias?
- Não, está bom assim – responde Tiago.
CF

Older post | Newer post
22:52




Instagram