Welcome
welcome to my blog

Não verás bem o design do blog com o Internet Explorer
Aqui poderás ver todos os meus desabafos e histórias ou apenas textos fictícios escritos por mim, espero que gostes :)
Tento aplicar o novo acordo ortográfico apesar de por vezes isso não acontecer. Identifico os meus textos com "CF" no final, caso não seja um texto da minha autoria estará devidamente assinalado entre aspas.
Se seguires por favor diz.
Pensamentos irreais
19 de dezembro de 2011

54 comments




 Oiço suar o meu nome pelo vento suave, parece que alguém me chama com algum desespero mas ignoro, volto a ouvir de novo o meu nome e começo a reconhecer a voz. Era a tua voz bondosa e inquietante que se fazia ouvir no meu quarto e que fazia com que eu novamente me dispersasse dos meus deveres.
Não acredito que deixei novamente me levar pelos meus pensamentos, és sempre tu a razão pela minha distração mas ninguém compreende o que consegues fazer comigo mesmo não estando do meu lado e culpam-me por eu ser tão distraída com tudo e nunca conseguir cumprir as minhas promessas quando o culpado és tu por fazeres isto comigo, por ocupares os meus pensamentos quando não deves e por me fazeres imaginar um futuro a teu lado que nunca será real. Mas como? Como me consegues fazer isto? Nunca ninguém antes o conseguiu porque tinhas tu de o conseguir fazer? Não tens a mínima noção do que eu sinto por ti, eu sempre que sinto o teu cheiro junto de mim sinto o meu coração mais forte que nunca, como se ele já não me pertencesse mais e tu o estivesses a puxar para junto de ti, não tens noção o que eu desespero quando não te encontro no meio da multidão, ou quando não oiço a tua voz entre muitas outras vozes falando ao mesmo tempo fazendo com que ninguém se entenda.
Eu só queria que o mundo fosse só nosso, onde poderíamos percorrer o mundo de mãos dadas sem ninguém se intrometer entre nós, mas isso é impossível de acontecer, então eu sonho no dia em que estaremos juntos a demonstrar o nosso amor a todas as outras pessoas e demonstrar o quão somos fortes em superar todos os outros. Eu sei que isto sou eu a imaginar algo que nunca se irá concretizar mas existe uma força dentro de mim que me obriga a imaginar tudo isto. Sei que nunca me pertencerás, então apenas desejo que sejas feliz com quem amares e prometo nunca me intrometer entre nada relacionado contigo fazendo com que não tenhas a maior felicidade do mundo.
E assim te deixo livre, prometendo a mim mesma não voltar a incomodar-te com seja o que for.
 CF

Older post | Newer post
18:29




Instagram